quinta-feira, 27 de maio de 2021

Sistema de castas

 Para nós brasileiros é um pouco complicado entender o sistema de castas indiano. Muitos confundem com classe social o que é muito diferente. Existem muitas pessoas de casta considerada baixa mas de classe social alta e vice-versa.

As castas são chamadas de Varnas e as subcastas são chamadas de Jatis. Existem apenas quatro castas mas existem inúmeras subcastas. Hoje em dia as castas (varnas) são mais teóricas mas as subcastas (jatis) ainda são utilizadas no dia a dia. Vou usar como exemplo um casamento. Os indianos costumam procurar pessoas que pertencem a mesma subcasta para casar.

Como esse tema é muito amplo primeiramente irei explicar sobre as castas (varnas) e depois terei um outro post sobre as subcastas explicando a importância delas.


As castas são divididas em quatro: Brâmanes, Kshatryas, Vaisyas e Sudras.

Há explicações religiosas, biológicas e históricas para essa divisão. 


Religiosa - A explicação religiosa fala como surgiram as "Varnas" mas não explicam nada sobre as "Jati" e nem mesmo sobre os intocáveis. De acordo com o Rig Veda, o primeiro homem, Purush, destruiu a si mesmo para criar a sociedade humana. Os brâmanes foram criados de sua cabeça, os Kshatryas de seus braços, os Vaisyas de sua coxa e os Sudras de seus pés. Há também a teoria de que eles surgiram de Brahma. As três primeiras castas são chamadas de nascidos duas vezes. O segundo nascimento é quando a criança nasce para a vida religiosa, estuda os Vedas, aprende o sanskrito e se inicia nos rituais védicos. Para cada uma das três castas há uma idade diferente. Para os brâmanes ela se dá aos 8 anos de idade, para os Kshatryas aos 11 e Vaisyas aos 12. Isso ocorre apenas para os homens, para as mulheres o casamento é considerado como o segundo nascimento. 

Biológica - Afirma que todas as coisas, animadas ou inanimadas pertencem a um dos três grupos de qualidades. SattvaRajas e Tamas. Os brâmanes fazem parte do Sattva e suas qualidades são: sabedoria, honestidade, bondade e inteligência. Vivem a serviço da sociedade sem esperar reconhecimento ou recompensa. Os Kshatryas e Vaisyas fazem parte do Rajas e suas qualidades são paixão, orgulho e demais qualidades passionais. Vive para os ganhos pessoais. Os Sudras possuem Tamas qualidades que são estupidez, falta de criatividade e demais qualidades negativas. Não tem problemas em pisar no pé dos outros para conseguir o que quer. 

Histórica - A versão histórica explica a criação das castas, subcastas e intocáveis. De acordo com essa teoria, o sistema de castas começou com a invasão dos Arianos à Índia. Eles chegaram à Índia por volta de 1500 AC. Os arianos são povos de pele clara, vindos do sul da Europa e norte da Ásia. Eles ignoravam a cultura local e começaram conquistando e tomando controle do norte da Índia ao mesmo tempo que expulsava os nativos para o sul ou para regiões de montanhas e selva. Os arianos se organizaram em três grupos. O primeiro grupo eram dos guerreiros e era chamado de Rajayana, posteriormente foram chamados de Kshatryas. O segundo grupo eram dos sacerdotes e eram chamados de Brâmanes. Esses dois grupos lutaram pela liderança política entre os Arianos e os Brâmanes tomaram a frente. O terceiro grupo era composto por fazendeiros e artesãos e eram chamados de Vaisyas. Os arianos iam conquistando as terras do norte da Índia e tornando a população local seus serventes, assim, os antigos fazendeiros e artesão arianos se tornaram grandes latifundiários e empresários e o povo local camponeses e artesãos e foram chamados de Sudras. A cor da pele era um fator muito importante para determinar a casta. A palavra "Varna" significa cor da pele e não classe ou status social. Quanto mais clara a cor da pele maior a casta da pessoa. Posteriormente os arianos adicionaram a esse sistema não arianos que faziam parte da sociedade de acordo com a profissão que exerciam. A maioria da população indiana nativa foi considerada como Sudra e outra parte como "sem casta" ou intocável de acordo com a profissão que exercia. 



quinta-feira, 29 de abril de 2021

Roupa Indiana





A roupa indiana é algo que fascina a nós brasileiros e todo o mundo há muito tempo.
Na década de 70 a moda indiana estava em alta e agora voltou com tudo.

Pouco se conhecia sobre a roupa tradicional indiana aqui. O que se conhecia eram as batas, calças e vestidos. O conforto da roupa é o principal motivo de seu sucesso.
Após o sucesso da novela "Caminho das Índias" no ano de 2009 as pessoas começaram a descobrir novas roupas indianas, as roupas tradicionais, as roupas que as indianas usam no seu dia a dia.
Desde então roupas como o Saree, Salwar Kameez, Kurta Pajama, Lehenga passaram a ser conhecidas pelos brasileiros.
Com a globalização já é comum encontrar na Índia jovens usando jeans e camiseta. Os homens principalmente raramente usam a sua vestimenta tradicional, a não ser que seja um dia de festa.
As mulheres depois de casar normalmente usam o saree com maior frequência mas as solteiras dificilmente verá usando um saree mas comumente verá usando algum tipo de salwar kameez.
A Lehenga geralmente é utilizada em festas ou em apresentação de dança e normalmente usada por uma jovem.

Na Encantos da Índia você poderá encontrar todos os tipos de roupas indianas, desde os mais comuns vestidos e batas até o tradicional saree.


Confira nossas ofertas e visite a nossa loja

segunda-feira, 5 de abril de 2021

As religiões da India

 A grande maioria da população indiana segue o hinduismo porém existem outras religiões que também tem um grande número de adeptos de outras religiões.

Segundo os números 79,8% dos indianos são hindus, 14,2% são mulçumanos, 2,3% são cristãos, 1,7% sikhs, 0,7% são budistas e 0,37% são jainistas.



O hinduismo exerce uma grande influência na cultura indiana até hoje portanto a maioria dos posts que veremos aqui no blog tem algo relacionado ao hinduismo.

O islamismo é a segunda religião mais seguida na India e também tem uma forte influência na cultura, na arquitetura e na arte da India.

O Sikhismo é uma religião originária da India. São monoteístas e promovem a devoção a um Deus sem forma. A religião é centrada em um princípio de serviço, humildade e igualdade, incentivando os seus seguidores a buscar ajudar os menos afortunados ou necessitados. A maioria dos Sikhs reside na região do Punjab.

O budismo se originou como um contra movimento ao hinduismo apresentando uma ética universal ao invés de basear os códigos éticos na casta de um indivíduo. A maioria dos budistas residem nos estados de Maharashtra, Sikkim, Anurachal Pradesh e Jammu e Kashmir

O jainismo também surgiu como um contra movimento do hinduismo. Os jainistas tendem a promover o vegetarianismo e o bem estar animal e defendem o conceito ético de não violência. A maioria dos jainistas estão nos estados de Maharashtra, Gujarat e Rajastão.

O cristianismo é a terceira religião mais seguida na Índia e está mais concentrada no extremo sul da India e em Mumbai. Os ocnvertidos ao cristianismo vem em sua maioria de castas inferiores e grupos tribais.

sábado, 27 de março de 2021

Holi - Festival das Cores

 O Holi é um dos principais fesivais indianos. Também conhecido como o festival das Cores

No ano de 2021 ele será celebrado no dia 29 de março.

Existem várias lendas relacionadas ao Holi, a principal delas é a lenda de Prahlad e Hiranyakshyap. A lenda diz que existia um demônio chamado Hiranyakshyap que se considerava um Deus e queria que todos o adorassem. Para a sua ira, o seu filho, Prahlad, começou a adorar Lord Vishnu. Não admitindo tao adoração, o demônio pediu que sua irmã Holika entrasse na fogueira com Prahlad pois ela tinha a benção de sair do fogo ilesa. Diz a lenda que Prahlad foi salvo devido a sua extrema devoção a Vishnu e Holika pagou um preço alto. Desde então algumas regiões da India tem o costume de queimar Holika na fogueira.



A tradição de jogar pós coloridos surgiu de uma outra lenda, relacionada a Krishna e Radha. Krishna tinha a pele bem morena e Radha tinha a pele muito clara. Um dia krishna reclamou com a mãe dele sobre a injustiça da natureza de ter feito a pele de Radha tão bonita. A mãe de Krishna sugeriu a ele que pintasse o rosto de Radha da cor que ele quisesse. Travesso, Krishna seguiu os conselhos da mãe e pintou o rosto de Radha e de outras gopis usando jatos de agua. Essa brincadeira se popularizou e todo o país fica encharcado com águas coloridas na celebração do Holi.


segunda-feira, 15 de março de 2021

Deuses hindus - Brahma

 Hoje começaremos a falar sobre os deuses do hinduísmo.

Nosso primeiro Deus será Brahma.

Pouca gente aqui na Brasil já ouviu falar de Brahma. Ele faz parte da Divina Trindade do hinduísmo que inclui Shiva e Vishnu.

Brahma é o Deus criador. Ele é o responsável pela criação do Universo.


Ele possui quatro faces que representam o conhecimento sagrado dos quatro Vedas, simbolizando que ele tem o conhecimento necessário para a criação do Universo.

Os quatro braços simbolizam as quatro direções e representa que ele é onipotente e onipresente.

Em uma mão ele carrega um japamala que representa o ciclo do tempo pelo qual o mundo se move da criação para a sustentação, da sustentação para a dissolução e da dissolução para a nova criação.

Em outra mão ele carrega um livro que simboliza o intelecto.

Na terceira mão carrega um pote de água que simboliza a energia cósmica que traz o universo para a existência.

A quarta mão ele carrega a flor de lótus que representa a natureza e a essência viva de todos os seres.

A barba branca simboliza a sabedoria e a ideia de que a criação é um processo eterno.

A coroa simboliza que ele é a autoridade suprema no processo da criação.

quarta-feira, 10 de março de 2021

Como vestir um saree?

Neste tópico iremos colocar um passo a passo de como vestir um saree.
Essa é uma dúvida que a grande maioria de nossos clientes tem ao comprar o saree.
Em nossa loja física explicamos como vestir e fazemos esse passo a passo com a cliente mas para quem compra online as vezes não consegue alguém que ensine.
Caso tenham alguma dúvida podem entrar em contato conosco que ensinaremos.




1° Passo - Vista o petticoat (podem usar uma anágua por baixo) e a blusa (choli ou um top)

2° Passo: Comece a enrolar o saree pelo seu lado direito. Prenda-o ao petticoat (utilize um alfinete para que ele não solte) e de a volta ao seu corpo da direita para a esquerda. Não esqueça de deixar o comprimento até o chão mas não arrastando.

3° Passo: É hora de fazer o drapeado. Faça de 5 a 8 dobras de igual tamanho (aproximadamente o tamanho da sua mão) sanfonadas (como se fosse um zig zag).

4° Passo: Arrume-os de forma que tenham um bom caimento e que não fiquem arrastando no chão. Use um alfinete para prendê-los ao petticoat (prenda ele para dentro do petticoat será necessário um alfinete grande para aguentar a quantidade de tecido).

5° Passo: Dê mais uma volta ao redor de sua cintura com o tecido restante.

6° Passo: Coloque o restante de tecido sobre o ombro esquerdo, deixando-o cair pelas costas até a altura do joelho aproximadamente. Use um alfinete para prender a parte do saree no ombro com a blusa. Essa parte que fica caida sobre o ombro é chamada de Pallu.

quinta-feira, 4 de março de 2021

Símbolos da Índia

Vou colocar para vocês aqui quais são os símbolos nacionais da Índia. Lembrando que não são símbolos do hinduismo. São símbolos da nação indiana. 



De ínicio temos a Bandeira Nacional Indiana.
Essa bandeira foi adotada em 22 de Julho de 1947.
Ela é um tricolor horizontal com laranja no topo, branco no meio e verde escuro na parte de baixo.
No centro da listra branca há uma roda em azul marinho representando o Chakra. Esta roda tem 24 raios.
O laranja da bandeira significa sacrifício, coragem e espírito de renúncia. O branco, a pureza e a verdade e o verde a fé e fertilidade.



Este é o emblema do Estado Indiano. Este emblema foi adotado em 26 de Janeiro de 1950 e é uma adaptação do Sarnath Lion Capital of Ashoka.
Ele possue três leões visíveis. A roda abaixo dos leões é em auto relevo no centro do ábaco com o desenho de um touro a direita e um cavalo a esquerda. As palavras "Satyameva Jayate " são escritas abaixo em devanagari e significa "Sozinha, a verdade triunfa".


Animal Nacional - Tigre

Ave Nacional - Pavão

Flor Nacional - Lótus

Árvore Nacional - Fiqueira

Fruta Nacional - Manga

Rio Nacional - Ganges

Jogo Nacional - Hóckey (apesar do cricket ser o esporte mais popular)

Canção Nacional - Vande Mataram

Hino Nacional - Jana Gana Mana

terça-feira, 2 de março de 2021

Saree



Saree ou sari é a veste tradicional indiana de maior sucesso.
Considerada a roupa mais elegante em uma mulher, o saree vem ganhando adeptos inclusive no Brasil, principalmente após o grande sucesso da novela Caminho das Índias.
Para quem gosta de estar elegante em uma festa sem cair no tradicional preto básico, sem dúvida o saree é uma excelente opção.

Não se sabe ao certo quando o saree surgiu devido a falta de dados históricos da India antiga mas com certeza é datado de mais de 5 mil anos e é inclusive mencionado nos Vedas.
O nome original do Saree é chira que é o nome em Sanskrito para roupa.
O saree é uma peça de roupa que varia de 4 a 9 metros de comprimento. Normalmente é involto sobre o petticoat, um estilo de saia, com uma blusa, conhecida como choli.
Alguns historiadores dizem que ate o século 14 homens e mulheres usavam dhoti (veste tradicional masculina) e apenas depois surgiu o saree.
No início os sarees eram feitos de seda ou algodão, hoje existem sarees dos mais variados tecidos.


Na Encantos da Índia você encontra Sarees de diversas cores e modelos. clique aqui e confira em nossa loja virtual



segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

Loja Encantos da India



A Loja Encantos da Índia visa trazer a Índia e tudo o que tem de mais belo para dentro de sua casa.

Idealizada e coordenada por pessoas que conhecem de perto a Índia e o gosto brasileiro.

Juliana Thapliyal é uma brasileira casada com Devashees Thapliyal, indiano.

Juntos desenvolveram essa idéia e criaram esse espaço para você poder se sentir um pouco na Índia.

Aqui você encontra artigos de decoração, roupas e acessórios diversos.

A Encantos da Índia é uma referência para compra de presentes na região da Vila Mariana.

A loja fica localizada na Rua Luis Góes, 1140 -Vila Clementino, próxima ao metro Santa Cruz e Praça da Árvore na cidade de São Paulo.

Sinta-se a vontade para mergulhar no universo indiano e se estiver em São Paulo, seja permanente ou provisoriamente, venha nos visitar.

Enre em contato conosco através do telefone (11) 96323-3132 pelo whatsapp (11)96323-3132 ou pelo e-mail encantosdaindia@gmail.com

Acesse também nossas redes sociais
Instagram - @encantosdaindia
Facebook - @lojaencantosdaindia



Nosso horário de funcionamento:
Segunda a sexta das 10:00 as 18:30
Sábado das 10:00 as 17:00


Temos estacionamento no local